Tese inédita na área de Antropologia realizada nas dependências do Jockey Club Brasileiro | Jockey Club Brasileiro

Tese inédita na área de Antropologia realizada nas dependências do Jockey Club Brasileiro

JOAO COTTAEm uma tarde, durante as corridas no Hipódromo da Gávea, fui abordado por um jovem, que identificou-se como mestrando em antropologia pela Universidade Federal Fluminense (UFF), e que gostaria de realizar a sua tese de mestrado com uma pesquisa atualmente inédita.  Uma análise antropológica sobre as corridas de cavalo.

Fiquei inicialmente surpreso com a ideia, principalmente por se tratar de um jovem que jamais havia adentrado em um hipódromo, nada conhecia sobre seu funcionamento e muito menos sobre os meandros que envolvem esta atividade hípica.

Refeito desta surpresa inicial, vislumbrei que esta tese, poderia ser a divulgação a toda comunidade acadêmica, jovens e adultos, deste esporte belo e apaixonante, que envolve todo o universo das corridas de cavalo.

Incentivei-o em seu objetivo, e o adverti de que seria árdua e desgastante sua tarefa, indicando o nome de vários turfistas que poderiam fornecer-lhe subsídios para o sucesso de seu  empreendimento.

Conversamos por inúmeras vezes durante os encontros ocorridos no hipódromo da gávea, sempre sendo solicitado a fornecer-lhe informações, que possibilitassem a realização de seu projeto.

Dias atrás, recebi através de e-mail a sua tese (CLIQUE AQUI e veja, na íntegra, a tese de Rafael Velasquez), com a qual laureou-se com o grau de mestre em antropologia, pela Universidade Federal Fluminense, e passo a fazer singelas considerações sobre a mesma.

PippacottapostAcostumado a participar de bancas examinadoras de tese de mestrado e doutorado na área médica e biomédica, repletas de estatísticas, equações, numéricas, tese massudas, que nos obrigam com atenção e cautela analisar o seu conteúdo, fiquei impressionado com a fluidez das palavras, a tranquilidade, a correção e simplicidade de como o tema é abordado. A segurança de como caminha e descreve as nuances da atividade turfística, dando-nos a impressão, sem desmerecer em absoluto a sua qualidade técnica e acadêmica, que estaríamos lendo um romance ou um livro de contos, reportando-nos a décadas e décadas atrás, quando ainda éramos um iniciante nesse mundo mágico.

Conversas, comentários, entrevistas com profissionais, e o dia a dia de uma pessoa sem o mínimo conhecimento de turfe, com os apostadores é abordada com elegância e humor picante.

Parabéns Velasquez pelo teu sucesso, e aproveito a oportunidade para te fazer uma sugestão.

Em sua tese se doutorado, que tenho certeza será seu próximo objetivo, aprofunde esta linha de pesquisa, estendendo-a aos campos de criação, onde você poderá observar os sonhos, angustias, tristezas, alegria e até mesmo o sucesso daqueles que se envolvem neste mistér apaixonante.

Ismael da Silva Neto
Haras Vale do Stucky

Gostou da notícia? Compartilhe!
ENVIE ESTA PÁGINA PARA UM AMIGO