Comissão de Corridas aceita pedido e Leandro Henrique é aguardado no Festival do GP Brasil | Jockey Club Brasileiro

Comissão de Corridas aceita pedido e Leandro Henrique é aguardado no Festival do GP Brasil

O aprendiz Leandro Henrique entrou com um pedido de mudança de categoria junto à Comissão de Corridas nesta última semana e acabou tendo o seu pedido deferido prontamente.  Ele, que é o líder das estatísticas cariocas, agora passa a montar como Ap.1ª.

sabado (5)

Leandro Henrique Espíndola de Oliveira é natural de Recife e começou no Hipódromo da Madalena, em 2008, no Projeto Jóquei do Futuro.

Filho de Adriano Antonio de Oliveira e Maria Aparecida Espíndola, Leandro trouxe cerca de 30 vitórias da capital pernambucana e está na Escola de Profissionais do Turfe desde maio de 2015.

Confiante em vencer na dura profissão que escolheu, L. Henrique, de 1,56 e 50 kg, tem como ídolos os vitoriosíssimos Carlos Lavor e Vagner Borges, e chegou até o Hipódromo da Gávea com o auxílio, entre outros, de seu conterrâneo, o jóquei Alan Maciel.

A possibilidade de montar na semana máxima do turfe brasileiro (Festival do GP Brasil), Leandro vê agora este importante desafio em suas mãos. No dorso de Like Desire Leandro estreia nesta grande competição e se mostra confiante, calmo e tranquilo, sentimentos bem peculiares em sua personalidade. O garoto falou sobre a expectativa de montar em uma semana  desta grandiosidade:

 - Fez um ano agora dia 29 de maio que eu cheguei e comecei a montar aqui no Rio de Janeiro. Aconteceu tudo muito rápido, hoje sou o líder da estatística de jóqueis aqui na Gávea, graças a Deus!  É uma emoção muito grande poder montar na semana do Festival do GP Brasil. Terei a responsabilidade de montar os animais  Devoto, Carrocel Encantado, Dutota Desejada e, no GP Brasil, Like Desire. Eu e meu agente de montarias Danilo Aglio (Dadá) estamos estudando outras oportunidades, estou preparado e muito bem para esses novos desafios, pois as montarias são muito boas. Penso neste momento na minha família, meus amigos,  a turma daqui da escola e todas as pessoas que querem meu bem! Vamos na fé! 

Por Emerson Silva e Sylvio Rondinelli Foto: Sylvio Rondinelli

Gostou da notícia? Compartilhe!
ENVIE ESTA PÁGINA PARA UM AMIGO