Helíaco, bicampeão do GP Brasil » Jockey Club Brasileiro - Turfe

Helíaco, bicampeão do GP Brasil

rat_2_16387484308d38a1c2Um dos mais fantásticos animais que a família Paula Machado criou em seus campos, Helíaco será homenageado, mais uma vez, neste domingo, 05 de março, no Hipódromo da Gávea.

Filho de Formasterus e Saphinha, por Trinidad, o castanho Helíaco nasceu em 1943, era treinado por Ernani de Freitas e teve o chileno Oswaldo Ulloa em seu dorso nas suas maiores conquistas.

O fabuloso animal, com certeza um dos maiores expoentes da criação nacional, correu 13 vezes para conquistar doze vitórias – somente foi derrotado no GP São Paulo de 1948, batido por Garbosa Bruleur, em marca recorde à época.

As suas principais conquistas foram: em 46 os GGPP Derby Paulista e Ipiranga. No ano seguinte o 1º GP Brasil e os GGPP Cruzeiro do Sul – Derby e Dezesseis de Julho e em 1948 conseguiu o bicampeonato do GP Brasil.  

Na reprodução, os principais filhos de Helíaco foram: Gomil (Cligeuse), campeão do GP Cruzeiro do Sul (1967); Valence (So Near), vencedora do GP Diana (1960); e Paquita (Ellipse), primeira colocada no GP Comparação (1953).

A Prova Especial Heliaco é a quarta carreira da programação de terça-feira (10) na Gávea e reunirá produtos de 3 anos e mais idade, em 1.600 metros, pista de areia.

Estão anotados: Ghost Breakers (Rogério Marinho Oliveira Rezende); American Tiz (Mauricio Roriz dos Santos); Hang Over (Haras Itá-Kunhã); Von Miller (Stud Grenoble); Golden Pacific (Haras Sweet Carol); Madame Indy (Haras do Morro); Jaguar Preto (Stud Shirlan Inc.); Jardim Olimpico (Haras Regina).

por Fernando Lopes – fonte www.harassaojose.com – fotos: Internet e Sylvio Rondinelli

Gostou da notícia? Compartilhe!