Bavaro Beach e a magia de Carlos Lavor no GP Julio Cápua (G2) » Jockey Club Brasileiro - Turfe

Bavaro Beach e a magia de Carlos Lavor no GP Julio Cápua (G2)

Potro em evolução, jóquei inspirado, farda vencedora e treinador dos mais competentes, com essa fórmula decisiva, Bavaro Beach, com Carlos Lavor “up” e treinado por Roberto Morgado Neto, levantaram para o Stud Quintella, a versão 2019 do Grande Prêmio Julio Cápua (G2). A prova, uma das principais da reunião deste domingo, 15 de dezembro, no Hipódromo da Gávea, foi realizada em 1.600 metros, grama macia e com seis metros de cerca móvel.

Partida excelente para todos os onze inscritos. Vale-Brinde saiu na frente, porém Ouro da Serra forçou e passou pelo potro do Stud Globo. Entretanto, vindo da última baliza, Fogo Supremo é quem ficou responsável por puxar o lote, abrindo logo dois corpos sobre Ouro da Serra. Vale-Brinde, Bavaro Beach, Gargalo, Fossato, Uyuni Gold. Olympic Icecream, Olimpic Impact, Céu de Brigadeiro e Jamegão eram os próximos. Fogo Supremo puxava ritmo de acordo com a categoria dos inscritos. Na grande curva, Bavaro Beach progredia francamente junto à cerca interna,

Em plena reta final, Fogo Supremo entrou “mandando brasa” na ponta da competição. Bavaro Beach aproximava-se perigosamente. Os favoritos Olympic Icecream e Céu de Brigadeiro não mostravam forças para vir brigar com os primeiros. Fogo Supremo resistia bravamente, mas Bavaro Beach tinha em seu dorso o inspiradíssimo Carlos Lavor, que ontem ganhou o Pellegrini e hoje já estava de volta à seu palco para mais um show. Na tocada certeira do dono de mais de quatro mil primeiros lugares, Bavaro Beach deu a estocada final e superou Fogo Supremo no espelho, em final deveras emocionante. Gargalo finalizou em ótimo terceiro. Vale-Brinde e Ouro da Serra completaram o marcador remunerado.

Muitíssimo bem apresentado pelo craque Roberto Morgado Neto, Bavaro Beach é um 3 anos, filho de Agnes Gold e Stick Around, por Roi Normand, criada pelo Haras Fronteira P.A.P. e de propriedade do Stud Quintella, de Antonio Landim Meirelles Quintella, presidente da ABCPCC. Na sua terceira vitória, a primeira nobre, Bavaro Beach passou a milha em 1min35s35.

VEJA A GALERIA DE IMAGENS DO GP JULIO CÁPUA (G2)

por Fernando Lopes – fotos: Sylvio Rondinelli

Gostou da notícia? Compartilhe!