Perigoosa e a glória do GP Roberto e Nelson Grimaldi Seabra (G1) » Jockey Club Brasileiro - Turfe

Perigoosa e a glória do GP Roberto e Nelson Grimaldi Seabra (G1)

Égua de muita regularidade e sempre levada na mais alta conta por seu staff, Perigoosa engrenou com disposição para superar a poderosa Mais Que Bonita e levar a melhor no Grande Prêmio Roberto e Nelson Grimaldi Seabra (G1). A carreira, o “Brasil das éguas”, foi a primeira disputa de graduação máxima da semana do Brasil 2020 e realizada em 2.000 metros, grama pesada, neste sábado, 26 de setembro, no Hipódromo da Gávea.

Haras Doce Vale e Venâncio Nahid é sinônimo de enorme sucesso e Perigoosa coloca mais um ponto de exclamação nesta vitoriosa parceria. Alexandre Correia conquista seu 2º G1 (o outro com Dolemite – Haras Santa Maria de Araras no GP Henrique Possolo) e a semana ainda tem outras boas oportunidades para o trio.

Hacienda e Olympic Dust fizeram um páreo em separado, correndo vários corpos na frente das rivais. Mais Que Bonita era terceira colocada, afastada, com Kim Besinger, Olympic Jackie  e Helquis próximas, Perigoosa correu na sétima posição, somente à frente de Queen Of Rio e Gyoza.  

Na hora decisiva, Hacienda ainda resistiu alguns metros, porém Mais Que Bonita logo tratou dos papéis, assumiu a liderança e parecia que mais uma vez seria a vencedora. Helquis ameaçava, todavia, foi Perigoosa que embalou com disposição, passou para segundo e veio à caça de Mais Que Bonita. Com Alexandre Correia comemorando, Perigoosa cruzou o disco em primeiro, deixando a craque Mais Que Bonita na segunda colocação. Helquis, Kim Besinger e Gyoza fecharam o placar remunerado.  

Perigoosa é uma 5 anos, filha de Public Purse e I’m A Lady, por Wild Event, de criação e propriedade do Haras Doce Vale, belissimamente preparada por Venâncio Nahid e muito bem conduzida por Alexandre Correia. Na sua quinta vitória, a segunda nobre – a outra no GP Marciano de Aguiar Moreira (G2) -, Perigoosa passou os dois quilômetros em 2min01s34.

VEJA A GALERIA DE IMAGENS DO GP ROBERTO E NELSON GRIMALDI SEABRA (G1)

por Fernando Lopes – fotos: Sylvio Rondinelli

Gostou da notícia? Compartilhe!