GP Estado do Rio de Janeiro (G1): Uttori abre o caminho para ser o 13º Tríplice Coroado » Jockey Club Brasileiro - Turfe

GP Estado do Rio de Janeiro (G1): Uttori abre o caminho para ser o 13º Tríplice Coroado

Potro com menos atuações no páreo – esta foi sua quinta saídaUttori atropelou com disposição para vencer o Grande Prêmio Estado do Rio de Janeiro (G1) e abrir caminho para a Tríplice Coroa em 2021 no Hipódromo da Gávea. A prova, em 1.600 metros, grama pesada, foi a última disputa nobre da fantástica jornada deste domingo, 07 de fevereiro, no Hipódromo da Gávea

O Haras Estrela Nova é o resultado da paixão de Mario de Rezende Barbosa – cujo sonho era vencer a 1ª prova da Tríplice Coroa e ter a honra de possuir um candidato à Coroa – pelo cavalo de corrida e pela corrida de cavalo. Se há pouco tempo Arrocha colocou a criação do Estrela Nova em destaque, Uttori veio confirmar que o trabalho bem feito sempre dá resultados. O cavalariço de Uttori, coincidentemente é Alexandre, o “Xandão”, o mesmo de Arrocha. 

Roberto Solanés é um dos melhores profissionais em atividade no país e nas grandes provas, seu nome está sempre em voga. Não por nada, tão jovem, já possui a maioria das taças das melhores carreiras do país. Wilkley Xavier evolui a cada dia e essa conquista vem colocar mais um ponto de exclamação, importante e necessário para seu maior amadurecimento, na sua curta e já vitoriosa carreira. 

Após a ótima largada, Oscar Winner tomou a ponta, mas Knight Winner forçou e passou para a primeira colocação. Jackson Pollock, Playa Los Ingleses, Iron Kentucky, Lionel The Best, Inevitable, Bem Feito, Olympic Kremlin, Uttori, Come Zip e João da Jandinha vinham na sequência. Como é a característica dos páreos na milha, no turfe carioca, o train era aceso com Oscar Winner forçando para cima de Knight Winner. Próximos, Jackson Pollock e Playa Los Ingleses vigiavam os dois primeiros. 

Em plena reta final, Knight Winner logo deu por cumprida sua missão. Oscar Winner ponteava e resistia aos ataques de Playa Los Ingleses. Abertos, Lionel The Best e Uttori melhoravam francamente. Com ação avassaladora, mesmo atirando-se para dentro, Uttori dominou a situação e e abriu caminho para a Coroa, em estilo que o credencia a seguir melhorando com o aumento do percurso e alcançar a glória da Tríplice Coroa. Lionel The Best ficou com a segunda colocação (seu piloto reclamou contra o do ganhador, mas a CC do JCB confirmou o resultado de pista). João da Jandinha veio de longe para conquistar a terceira colocação. Roman Holiday e Jackson Pollock.

A entrega de prêmios contou com a presença do Presidente do Jockey Club Brasileiro, Raul Lima Neto e do Governador do Estado do Rio de Janeiro, Claudio Castro, acompanhado da Primeira Dama, Analine Castro.

Uttori é um 3 anos, filho de Vettori e Umniyah, por Burooj. Na sua segunda vitória, a primeira nobre, e logo um G1, o castanho correu a milha em 1min36s49.

VEJA A GALERIA DE IMAGENS DO GP ESTADO DO RIO DE JANEIRO (G1)

por Fernando Lopes – fotos: Sylvio Rondinelli

 

Gostou da notícia? Compartilhe!