Antonella Baby reina no Possolo e abre o caminho para a Coroa » Jockey Club Brasileiro - Turfe

Antonella Baby reina no Possolo e abre o caminho para a Coroa

Mostrando o padrão que a levou ser líder da Geração, Antonella Baby confirmou as expectativas de seu staff e, após merecido descanso depois de sua participação no GP Diana (G1), em Cidade Jardim, reapareceu com linda vitória no Stud TNT – Grande Prêmio Henrique Possolo (G1) – 1ª Prova da Tríplice Coroa de fêmeas, resistindo bravamente ao ataque de sua irmã paterna, companheira de CT e de campo criatório, Abidjan. Uma das grandes atrações da magnífica jornada deste domingo,m 17 de fevereiro, a carreira foi disputada em 1.600 metros, pista de grama leve.

Com o forfait antecipado de Vestida de Noiva, partida excelente para as 11 inscritas. Hazy Eyes tomou a dianteira, seguida por Super Rainha. Emerald Fire, Arizona Gipsy, Afrancesada, Baruta, Sutil, Antonella Baby, High Jinks, Abidjan e Autorizada vinham depois. Emerald Fire melhorava aberta, tentando tomar o segundo posto de Super Rainha, uma vez que Hazy Eyes seguia mandando na carreira. Na grande curva, pela cerca interna, Antonella Baby já era procurada por seu piloto para evitar o caixote na hora da verdade.

Ao entrarem pela reta final, Baruta passou para terceiro, para segundo e veio dar caça à ponteira, que ainda era Hazy Eyes. Antonella Baby já estava na linha três buscando melhor posicionamento. Quando Baruta dominou a situação e livrou um corpo sobre as rivais, a defensora do Stud Rio Dois Irmãos chegou a dar fila de vitória. Todavia, embaladas, Antonella Baby e Abidjan passaram de passagem e começaram luta intensa pelo triunfo. Na energia do líder Dalto Duarte, Antonella Baby trouxe pequena diferença sobre Abidjan até o disco, para abrir de forma sensacional o caminho para a Tríplice Coroa do turfe carioca entre as fêmeas na Temporada 2012/2013. Abidjan, em progressos evidentes, recebeu ótima direção de Marcos Mazini (substituindo Tiago Josué Pereira) e ficou com a dupla de animais criados pelo Haras Santa Rita da Serra, de Afonso Burlamaqui. Baruta ficou com a terceira colocação, enquanto High Jinks e Afrancesada completaram o marcador.

Trazida de Secretário em excelente estado pelo bicampeão da prova – venceu ano passado com a Tríplice Coroada e craque Old Tune (Haras Internacional) – Venâncio Nahid, Antonella Baby é uma 3 anos, alazã, filha de Agnes Gold (pai também da segunda colocada Abidjan) e OnYour Own, por Candy Stripes, criada pelo Haras Santa Rita da Serra e de propriedade do Stud Santa Rosa de Lima. Em sua quinta e principal vitória, a segunda nobre e a quarta do calendário clássico, em sete saídas, entre Gávea e Cidade Jardim, Antonella Baby assinalou, para a milha, 1min32s70, ficando a 41 centésimos do recorde de Jet.

por Fernando Lopes – foto: Gerson Martins

Gostou da notícia? Compartilhe!