Energia Garoa, na magia de Carlos Lavor, a campeã do GP Marciano de Aguiar Moreira (G2) » Jockey Club Brasileiro - Turfe

Energia Garoa, na magia de Carlos Lavor, a campeã do GP Marciano de Aguiar Moreira (G2)

Energia Garoa Chegada25Mostrando sua conhecida e impetuosa atropelada Energia Garoa contou com a magia do maior ganhador de corridas em atividade no país, o genial Carlos Lavor, para conquistar o Grande Prêmio Marciano de Aguiar Moreira (G2). A carreira, uma justa homenagem do JCB a um de seus patronos e ex-presidentes, foi disputada em 2.400 metros, pista de grama macia e atração central da reunião deste domingo, 25 de outubro, no Hipódromo da Gávea.

Conhecido o forfait de Queen Of Night, partida boa para as dez competidoras. A favorita e voluntariosa Dona Flor tomou a dianteira com Ilha de Páscoa na sua cola. Crystal Clear, Energia Hupp, Jump Lady, Jeannings, Casa Viva, Desire To Win, Chocolatera e Energia Garoa vinham na sequência. Na primeira passagem pelo disco, Energia Garoa era a última colocada, na segunda vez que elas cruzassem o disco, tudo seria muito diferente. Sem um segundo de folga, Dona Flor ponteava, sempre com Ilha de Páscoa na sua cola. Jeannings melhorava, Energia Hupp também. Jump Lady perdia terreno (a perda de uma ferradura, fato comunicado pelo Serviço Veterinário após o páreo pode ser a explicação). Energia Garoa seguia “fechando o pelotão”. Quando Ilha de Páscoa cansou e Dona Flor pareceu que teria um tempo para respirar, Jeannings surgiu para buscar a ponta.

Na hora da verdade da melhor prova da jornada, Dona Flor mantinha a primeira colocação, mas não mostrava forças para seguir assim até o espelho. Energia Hupp apresentou-se para dominar Dona Flor, que esmorecia. Desire To Win também surgiu dando fila de vitória. Porém, a companheira de Dona Flor, Casa Viva começou a progredir pelo meio de raia e dominou a ponteira Energia Hupp, mesmo atirando-se para dentro. Então, saindo do fundo do lote, por fora de todas, como gosta, com Carlos Lavor trabalhando o chicote na canhota, Energia Garoa passou uma a uma das competidoras e, no último pulo, naquele cálculo de percurso que só os grandes jóqueis possuem, “arrancou a cabeça” de Casa Viva no disco, para conseguir belo êxito. Casa Viva formou a dupla em bela performance. Energia Hupp, mesmo enfrentando as mais velhas, figurou com destaque e finalizou em ótimo terceiro. Desire To Win e Dona Flor completaram o placar remunerado.

Trazida de Friburgo em forma soberba pelo excelente Adelcio Menegolo, Energia Garoa é uma 4 anos, filha de Agnes Gold e Lira da Guanabara, por Pitu da Guanabara, criada pelo Haras Estrela Energia e defensora do Haras Sweet Carol, da família Stabile. Na sua quinta vitória, a terceira nobre – antes nos GGPPs Duque de Caxias (G2) e Adayr Eiras de Araújo (G2) – em quatorze saídas, Energia Garoa assinalou, excelentes, 2min24s16, ficando a 91/100 do recorde de Bal A Bali, conquistado no Derby – GP Cruzeiro do Sul (G1), em 2014.

por Fernando Lopes – foto: Gerson Martins

Gostou da notícia? Compartilhe!