Super Power, o último Tríplice Coroado do século XX » Jockey Club Brasileiro - Turfe

Super Power, o último Tríplice Coroado do século XX

Super Power post17No sábado, 21 de setembro, o campeão Super Power será homenageado pelo Jockey Club Brasileiro, através de uma Prova Especial em 1.400 metros, pista de grama, para potros de 3 anos.

Nove competidores estão anotados na disputa deste ano: Vale-Brinde (Stud Globo); Petrus (Oitavo Stud/ Haras Princesa do Sul); Mindfullness (Stud ACX); Quebra-Galho (Stud 3333); Ferocity (Stud Blue Mountain); Hola Amigo (Haras Estrela Nova); Mas Que Nada (Stud Eternamente Rio); Vies de Alta (Stud Alvarenga); e Harry Potter (Coudelaria Familia Monteiro).

Criado pelo modelar Haras Santa Ana do Rio Grande, Super Power, era filho de Roi Normand e Joy Valley, por Ghadeer, portanto, um irmão inteiro da craque Riboletta, eleita égua do ano de 2000, nos EUA, primeiro animal nacional a conseguir tal feito. Super Power atuou em 13 oportunidades, todas na Gávea, obtendo sete vitórias e quatro colocações. Nos principais êxitos, Juvenal Machado da Silva esteve no dorso do animal preparado no Vale do Cuiabá por Nelson Marinho.

Já ganhador de G1, em 27/06/1999 venceu o GP ABCCC, Super Power começou sua caminhada para a coroa em 27/02/2000 ao conquistar o GP Estado do Rio de Janeiro (G1), na milha derrotando SegramHellish CatIn The Sun e Full Of It fecharam o marcador. Trinta dias após, em 26/03, mostrou força nos 2.000 metros do GP Jockey Club Brasileiro (G1) derrotando Becketts GodotSegramGuided Bomb e Cressius completaram o placar. Em 30/04 numa das retas mais apoteóticas e eletrizantes de todos os tempos, bateu a recente Tríplice Coroada das fêmeas, Be Fair (Fast Gold e Misty Moon, por Baronius) e escreveu para sempre seu nome entre os históricos tríplices coroados do turfe carioca.

Gostou da notícia? Compartilhe!